Entenda como a Microsoft irá investir no Metaverso

A transformação digital é um processo que está modificando a maneira de as empresas e os cidadãos se relacionarem com a tecnologia. Literalmente falando. E as novidades aparecem de forma cada vez mais veloz e impactante. Uma prova disso é o surgimento do Metaverso, apresentado no final de 2021.

Esse recurso promete, em médio prazo, fazer com que as pessoas tenham uma interação ainda mais consistente por meio de ferramentas tecnológicas. Além disso, vai consolidar o conceito de realidade virtual, oferecendo uma experiência diferenciada para aqueles que optarem por utilizar tecnologia para realizar diversas tarefas (reuniões profissionais, aulas, encontros familiares etc.).

Neste artigo, vamos destacar vários pontos sobre essa novidade tecnológica com grande potencial para ser explorada nos próximos anos. Confira!

Já ouviu falar sobre o Metaverso?

Trata-se de um conceito bastante difundido na internet atualmente. Por outro lado, nem todos podem defini-lo com precisão. É comum associarem o Metaverso ao futuro da web ou a um aprimoramento da Realidade Virtual (RV).

Na verdade, o Metaverso consiste em uma nova ferramenta que vai permitir um uso mais intenso de aplicações 3D em nosso cotidiano. Vale destacar que essa tecnologia já pode ser visualizada em games (como Minecraft, Fortnite e Roblox) e até mesmo em obras cinematográficas de ficção científica, como Matrix.

O termo Metaverso foi apresentado pela primeira vez em 1992, no livro Snow Crash, de Neal Stephenson. Ele consiste em um mundo 3D virtual com intensidade de compartilhamento, interação, imersão e colaboração. Além disso, possibilita uma conexão do mundo real com o digital, fazendo com que as pessoas tenham uma experiência única e diferenciada ao se relacionarem por meio de recursos tecnológicos.

A intenção – e tendência – é que o Metaverso seja uma plataforma que não tenha ligação direta com uma aplicação ou local específico (real ou digital). O objetivo é criar uma realidade em que as ações sejam tão expressivas e significativas como no “mundo real”.

Hoje, a internet tem como principais ferramentas de interação os aplicativos de mensagens, as redes sociais e os sites. Com o Metaverso, haverá a presença de novos ambientes online onde as interações dos usuários terão um caráter multidimensional.

Dessa forma, os internautas terão um contato mais próximo com o conteúdo digital e não somente visualizá-lo. O objetivo é proporcionar às pessoas uma realidade paralela em que várias atividades podem ser concretizadas. 

Mesh: conheça o Metaverso da Microsoft

Essa ferramenta possibilita que equipes localizadas em diferentes regiões possam ter reuniões mais interativas, em que a colaboração será peça-chave para a resolução de problemas.

Outra característica do Microsoft Mesh abrange a possibilidade do aprendizado mútuo. Isso se torna possível com a presença de avatares que representam os internautas nas experiências virtuais e com a holoportação, mecanismo que permite uma pessoa projetar a si mesma de maneira eficiente.

Resultado de vários anos de pesquisa, a plataforma Mesh envolveu estudos que abrangem o rastreamento de mãos e olhos, a criação de hologramas de alta qualidade e o uso de modelos de inteligência artificial capazes de criar avatares cada vez mais nítidos e expressivos.

Para consolidar o uso do Metaverso, o Mesh foi construído na plataforma de cloud computing da Microsoft, denominada Azure. Em virtude disso, tem como fator primordial o foco em segurança da informação e privacidade. Essa iniciativa cria um ambiente mais favorável para o uso eficiente de dados e de recursos como a realidade mista e a inteligência artificial.

Funcionalidades

Designers e engenheiros podem aproveitar as funcionalidades do Microsoft Mesh a partir de aplicativos habilitados para essa plataforma. Assim, eles podem desenvolver modelos 3D de diversos itens, como motores, bicicletas, estádios de futebol, móveis, entre outros.

Esses modelos podem surgir em espaços virtuais compartilhados, em que a colaboração deve contribuir decisivamente para promover melhorias nos objetos. Profissionais de diversas regiões do mundo poderão debater projetos e aperfeiçoá-los de maneira mais prática e inteligente.

Por exemplo: no caso de arquitetos e engenheiros, é viável conhecer a estrutura de uma indústria em construção por meio de um modelo holográfico. Isso permitirá verificar a melhor posição para equipamentos, aumentando a produtividade.

Outro aspecto positivo do Microsoft Mesh é criar um ambiente favorável para que os estudantes de Medicina tenham atividades práticas mais consistentes. Dessa forma, podem adquirir mais conhecimentos da anatomia humana graças às reuniões virtuais, em que estarão representados por avatares.

Com o avanço tecnológico, o Metaverso será um recurso primordial para diversas áreas do conhecimento. Afinal, irá promover uma interação rica entre múltiplos usuários a partir de recursos voltados para a colaboração em realidade mista. 

Como as suas reuniões no Microsoft Teams serão impactados pelo Metaverso

Com a pandemia do novo Coronavírus, o Microsoft Teams se tornou uma plataforma bastante adotada pelas empresas e inclusive por escolas para promover reuniões virtuais com a participação de várias pessoas.

A capacidade de promover a interação por meio de recursos (áudio, vídeo e texto) fez com que a solução da Microsoft conquistasse uma fatia considerável do mercado. Contudo, a tecnologia tem como uma das características mais marcantes a capacidade de se reinventar.

E com base no Metaverso, o Microsoft Teams terá um espaço virtual para que os usuários a partir de avatares 3D possam interagir de maneira mais expressiva. Isso, com certeza, dará um maior dinamismo aos encontros e fará com que os usuários se sintam mais envolvidos com as atividades promovidas. 

Vale destacar que o usuário conectado pelo notebook ou dispositivos móveis (smartphone, tablets etc.) poderá utilizar o Microsoft Teams para ter uma experiência mais colaborativa e digital com os recursos de Metaverso.

Essa é uma novidade que promete revolucionar a internet nos próximos anos. Afinal, será possível um envolvimento mais intenso e criativo nas interações virtuais, estimulando o diálogo e a troca de ideias.

Se está em busca de conhecimentos mais avançados sobre Tecnologia da Informação, vale a pena conferir os artigos publicados em nosso blog!

 Com certeza, você vai encontrar conteúdos úteis que vão te ajudar a superar desafios e a estar mais conectado com as tendências da transformação digital!