LGPD: Como o SharePoint e o Azure Information Protection auxiliam no Compliance da sua empresa - Blog - iamit

E se hoje a sua empresa sofresse um ataque cibernético? E se os dados sensíveis ao negócio fossem sequestrados? Ou, ainda, e se algum vírus ou arquivo malicioso invadisse os seus servidores? Além do impacto operacional e estratégico, falamos de um prejuízo direto à imagem do negócio. Porém, mais importante, são situações que não podem acontecer no ambiente corporativo — não com a LGPD em vigor. Por isso, o SharePoint e o Azure Information Protection são as melhores alternativas para sua empresa.

Afinal, se o assunto é Segurança da Informação, o pensamento deve ir além do óbvio. Assim, é claro que precisamos adotar soluções que verdadeiramente protejam seus ativos digitais.

No entanto, é necessário escolher àquelas que se encaixem no dia a dia produtivo da empresa.

Soluções que não sejam apenas um “algo a mais”, mas um complemento à Infraestrutura de TI, ao ambiente de dados e à produtividade da equipe.

Ou seja, àquelas que realmente auxiliem no seu compliance à LGPD, além de representar uma série de novas possibilidades para seu negócio.

E esse é o caso das soluções SharePoint e Azure Information Protection.

Que tal entender mais sobre ambas e como podem auxiliar no compliance da sua empresa em relação a LGPD? Então continue a leitura para aprender mais!

LGPD e a necessidade de adequação

A LGPD, Lei Geral de Proteção de Dados, foi um movimento do governo em resposta aos crescentes casos de vazamento de dados em empresas. Há casos emblemáticos por aí, como o da relação entre a empresa Cambridge Analytica e Facebook.

A nova lei é um passo bastante firme do Brasil, seguindo por exemplo medidas já adotadas na União Europeia com a sua própria lei de dados, a GDPR.

Trata-se, portanto, de uma série de novas normas e regras que delimitam a relação de empresas com dados pessoais. Seja na sua coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento.

Com a LGPD, o titular dos dados possui completa autoridade sobre eles, podendo solicitar à empresa sempre que quiser visualizá-los e mesmo excluí-los por completo.

Às empresas, significa também que toda coleta deve ser consentida e autorizada, com objetivos da coleta bem descritos, bem como como se dará o uso daqueles dados.

Em geral, a LGPD vai impactar muito a relação das empresas com os dados.

Por isso, cabe às empresas se adequarem o mais rápido possível. Isso porque, com a situação da pandemia do Covid-19, a data para a LGPD entrar em vigor foi adiada. Agora, se dará em agosto de 2021.

Portanto, sem dúvidas é hora de os gestores olharem para o mercado em busca de soluções. Entre suas maiores preocupações, naturalmente está a capacidade de cumprir com tamanho compliance.

Afinal, com a LGPD, a Segurança da Informação se tornou definitivamente uma obrigação nas empresas.

O SharePoint e Azure Information Protection: como a integração dessas duas ferramentas pode auxiliá-lo em relação à LGPD

Nesse momento, a preocupação dos gestores é em encontrar um conjunto de soluções complementares à Segurança da Informação do negócio. Algo que seja encaixado no ecossistema de dados da empresa e agregue a ele, fortalecendo as barreiras contra ameaças.

E é difícil encontrar isso tudo em uma única solução.

Por isso, os olhos se voltam ao potencial da união do SharePoint com o Azure Information Protection.

O que é o SharePoint?

O SharePoint é uma suíte de soluções da Microsoft, utilizada para armazenar, organizar, acessar e compartilhar dados e informações de forma segura, de qualquer dispositivo, a partir do navegador Web.

Em geral, é utilizado para criação de intranets e portais corporativos. Porém, entre suas funcionalidades, permite realizar gestão de documentos, de conteúdos, além da criação de portais colaborativos.

Dessa forma, a suíte abrangente pode suportar todas as necessidades web das empresas. Além das possibilidades de desenvolvimento e criação dentro dela, é possível aproveitar seus recursos em áreas como Business Intelligence, além de integração de processos e sistemas (até mesmo de terceiros).

O que é o Azure Information Protection?

Já o Azure Information Protection faz justamente esse “meio de campo” tão necessário em interações web, como envio de e-mails, por exemplo. Trata-se de uma solução na nuvem, que possibilita a proteção de dados como documentos e informações confidenciais compartilhadas, interna ou externamente.

É parte do Azure, plataforma de serviços cloud da Microsoft, uma das melhores escolhas das empresas que optam por dar um passo além e apostar no modelo PaaS.

O Azure Information Protection atua por meio de rotulação e classificação de dados específicos, concedendo assim permissões que criam camadas de proteção. Assim, não importa de onde ou por quem a informação é acessada, ela estará protegida.

Além disso, é possível controlar e monitorar cada conteúdo, entendendo comportamentos e usos.

A integração de ambas ferramentas: como elas auxiliam as empresas na questão da LGPD

O SharePoint estabelece uma base para sua empresa operar na web, criando sites e portais intranet específicos para as necessidades do seu negócio. Afinal, as interações online são uma parte importante da produtividade atual: com uma ferramenta própria para criar essa infraestrutura, você tem controle total dos processos.

Porém, é claro que a web é uma via de mão dupla. Há sempre espaço para ameaças.

É aí que a integração com o Azure Information Protection entra.

A ferramenta de proteção à informação da Microsoft complementa o SharePoint em vários níveis. Ele fecha as brechas que ameaças cibernéticas poderiam encontrar em, por exemplo, uma troca de e-mails com links maliciosos.

Assim, agindo nos pequenos detalhes, a união entre o SharePoint e o Azure Information Protection pode ser a sua resposta às mais rígidas regras impostas pela LGPD. 

Proteção total aos dados e uma base para que sua equipe continue (e seja até mais) produtiva!

Conte com a iamit para se preparar para LGPD

A iamit sabe da importância da LGPD para o futuro dos negócios. Por isso, vem há anos se qualificando cada vez mais na implementação, suporte e assessoria de ferramentas de Segurança da Informação. Entre elas, o SharePoint e a Azure Information Protection.

 

Todavia, a padronização de processos é necessária para manter um fluxo das atividades e aumentar o desempenho das equipes.

Essa especialidade possibilita que a iamit identifique as brechas no seu negócio e na forma como ele se localiza na web, sugerindo ações imediatas para resolvê-las.

É assim que a implementação do SharePoint e do Azure Information Protection pode ser feita. Ou seja, um primeiro passo promissor na busca pelo compliance que a LGPD exige.

Quer entender mais sobre as soluções que a iamit é especialista, como o SharePoint e Azure Information Protection, e compreender como podemos ajudar seu negócio? Converse com nossos especialistas

Compartilhe esse artigo:
comments powered by Disqus